Eu Vi... Especial Clássicos da Sessão da Tarde



Eu Vi... Especial Clássicos da Sessão da Tarde

Que atire a primeira pedra quem nunca se deliciou à frente da tv em um dia da semana qualquer assistindo aos inocentes filmes da sessão da tarde. ‘E verdade de que muito do que vai ao ar não vale nem a película onde foram gravados. Mas existem alguns filmes, especialmente da década de 80, que valem a pena serem vistos e revistos, apesar da inocência latente e, também por vezes, da estética “over” da década:



Conta Comigo (Stand By Me) -1996

Clássico absoluto da sessão da tarde, conta a historia de um bando de garotos de 12 anos que saem em uma grande aventura pelos trilhos do trem para encontrar o cadáver de um menino da idade deles. Baseado em uma novela da Stephen King, o tom da narrativa ‘e dado pelo sensível e futuro escritor Gordie Lachance (Wil Wheaton), que nos conta o relato já adulto. Alem de ser uma bela obra de King, (responsável, entre tantos outros, pelo texto de O Iluminado), o filme projetou a carreira de dois meninos que viriam a ser grandes astros: Kiefer Suterland e River Phoenix. Sutherland tem uma filmografia extensa e hoje atua em uma serie de sucesso: 24 horas. Phoenix era a grande promessa de Hollywood e infelizmente teve sua carreira abreviada por uma inexplicável overdose. Aqui em um filme despretensioso ele brilha como o delinquente juvenil de bom coração Chris, um tipo de quem ninguém espera nada ale’m de uma futura estadia na prisão. Phoenix engole o ator principal em uma atuação que lembraria James Dean em seu dia mais inspirado. Há ainda momentos de pura inocência juvenil, bobagens de menino e lições sobre amizade. Sem contar os créditos finais ao som da musica que da o nome em inglês ao filme. Programão de quarta à tarde!




O Clube dos Cinco (The Breakfast Club) - 1985

Mais uma unanimidade em termos de filmes bobos que fazem suspirar. O clube dos Cinco conta a historia de cinco (claro ne’??) adolescentes completamente diferentes que se vêem confinados em um sábado de castigo na escola, obrigados pelo diretor tacanha Vernon a escrever um ensaio sobre o que acham que são. Então mortos de tédio e de raiva por perderem um lindo dia de descanso, o stress começa a tomar conta da turma e logo surgem as provocações entre a princesinha Claire Standish (Molly Ringwald, eterna musa da sessão da tarde) , o nerd Brian Johnson (Anthony Michael Hall), o atleta Andrew Clark (Emilio Estevez), a esquisita Allison Reynolds (Ally Sheedy) e o baderneiro John Bender (Judd Nelson). Mas como era de se esperar passada a fase do estranhamento os grupo descobre que tem bem mais em comum do que imaginam e que no fim são apenas garotos em busca de aceitação. Pode soar piegas, mas no filme funciona. O dialogo final ao som da divertida Don`t You Forget About Me do Simple Minds resume bem o espírito do filme:

- Sr, Vernon, nos aceitamos que tivemos que sacrificar nosso sábado por seja lá o que fizemos de errado. Mas achamos que ‘e louco escrever uma redação sobre o que nos achamos que somos. Você nos vê da maneira que quer nos ver… nos termos mais simples e nas definições mais convenientes: Nos descobrimos que nos somos um cérebro, um atleta, uma doida varrida, uma princesa e um criminoso. Isso responde a sua pergunta? Atenciosamente, O Clube dos Cinco.



Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller's Day Off) - 1986

Filme essencial sobre como matar aula, enlouquecer o diretor, se divertir com seu melhor amigo, curtir sua gatinha e escapar ileso e vitorioso para contar a historia. Ferris (Matthew Broderick) ‘e um bon vivant que um belo dia decide que vai fazer o que der na telha com sua namorada e seu amigo. Mas para isso terá de driblar seus pais, sua irmã chata e o diretor mais mal humorado da historia da educação. Mas como?? Inventando que esta’ doente, horas! Assim Ferris vai compadecendo os pais, amigos, e por fim, toda a escola, que se lança em uma campanha (Save Ferris!, que virou ate’ nome de banda) para salvar o suposto moribundo. E claro, enquanto isso, Bueller se regozija no dia mais divertido de sua vida. Destaque para Broderick cantando Twist and Shout e para o estrago que faz no carro do melhor amigo. A musica final também fez historia. Salve Ferris!





Sem Licença Para Dirigir (License to Drive) – 1988

Divertidíssimo filme sobre um adolescente inconseqüente que quer por quer tirar sua carta de motorista para se jogar na noite e sair com Mercedes, a garota de seus sonhos. Mas... As coisas não saem como planejado e ele reprova no teste de direção. Desgraça total? Claro que não! Diante do inevitável, Les (Corey Haim) e Dean (Corey Feldman), traçam o brilhante plano: Pegar o lindo e reluzente cadillac do avo de Les e correr para os braços de Mercedes. Não sem antes se meterem em todo o tipo de confusão, correria e situações surreais... Destaque para a Mercedes Heather Graham (de Austin Powers II e da serie a cabo Scrubs), que mesmo nessa tenra idade já era gostosona e virava a cabeça da molecada. Como o próprio Les definiu: Quem quer uma BMW quando já se tem uma Mercedes?



Os Goonies (The Goonies) -1985

Clássico absoluto embalado pela musica divertida da Cindy Lauper, The Goonies are Good Enouth, o filme conta a historia de um bando de garotos (e duas garotas), que se aventuram em uma louca caça ao tesouro para poderem salvar o lugar onde moram. Não há marmanjo hoje próximo dos 30 que não tenha sonhado ser um Goonie e decifrar mapas, escapar de armadilhas, driblar os bandidos atrás das jóias e claro, comer um chocolate com o camarada Slot. Pode ate parecer bobo hoje em dia, mas o sucesso do filme tem um pedigree incontestável: a historia original foi escrita por ninguém menos que Steven Spilberg (que se levava bem menos a serio e era bem mais divertido), e o roteiro ficou por conta de Chris Columbus (alguém ai disse Harry Potter, Esqueceram de Mim ou Quarteto Fantástico?). Isso sem contar o líder da gangue Mikey Walsh, encarnado pela estrelinha mirim Sean Astin, o menino que um dia viraria a ser o Hobbit Sam Gangee. E’, eles são bons o suficiente!



De Volta Para o Futuro (Back to the Future) - 1985

Filme tão clássico, tão essencial e tão visto que acho que nem precisava escrever o parágrafo. (rs) Mas, vamos lá refrescar nossas memórias.

O ano e 1985 e os McFly tem uma vida pra lá de horrível... Atormentados pelo vizinho valentão Biff, a família não passa de um projeto patético do sonho americano. O único que ainda se salva e o garotão boa pinta Marty McFly – papel eterno, mas não definitivo de Michael J. Fox, que há alguns anos infelizmente saiu de cena acometido de mal de Parkinson – Um belo dia Marty ‘e apresentado por seu amigo e cientista louco de plantão, Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd), a um portentoso De Loren prateado, que, alem de portas estilo gaivota, freios ABS e interior luxuoso possui... Uma maquina do tempo! Tudo vai muito bem ate que Doc e’ acometido, digamos, por um cruel ataque terrorista. Chocado, McFly faz a coisa mais sensata que pode pensar – voltar no tempo e salvar o Doutor, claro! Ignorando todos os conselhos e suplicas, Marty parte decidido a mudar o presente alterando o passado. Seria perfeito não fosse um pequeno acidente: Nosso herói volta à década de 50, onde a voluptuosa Lorraine (Lea Thompson) se apaixona perdidamente por Marty. Lindo não? Não! Lorraine e’ justamente sua mãe no futuro e se não se apaixonar por McFly sênior Marty e seus irmãozinhos jamais existirão. A partir daí agente sabe o que acontece: McFly anda de skate, da uma lição em Biff, junta seus futuros progenitores, arrasa no baile, e claro, salva o abilolado Brown, para o bem da humanidade e das outras seqüências... Sorte nossa que ainda nos divertimos mais duas vezes.

E só para não ser injusta ainda tem: A Garota de Rosa Shoking, Gatinhas e Gatões, Karate Kid I, Viagem ao Mundo dos Sonhos, A Historia Sem Fim I, Indiana Jones I, II e III, O Ultimo Americano Virgem, A Lagoa Azul, Os Fantasmas se Divertem, Quero Ser Grande, Os Garotos Perdidos, Gremlins, Namorada de Aluguel, O Feitiço de Áquila, Te Pego lá Fora, Footloose, Dirty Dancing, Edward Mãos de Tesoura, Cry Baby, Flashdance, Curso de Verão, As 7 Faces do Dr. Lao, Os Caça Fantasmas ... Haja pipoca hein?

Comentários

Popular Posts

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)

Downloads; 'Live at the Apollo', Arctic Monkeys (2013) (Torrent)