O Mundo Maravilhoso das Capas de Discos; 'Nevermind', Nirvana (1991)


O Mundo Maravilhoso das Capasde Discos; 'Nevermind', Nirvana (1991)
 
Design por Robert Fisher e Kirk Weddle


Foi a primeira vez que Spencer Elden nadou. E foi nada menos que memorável!

Aos quatro meses de idade, Elden foi um dos vários bebês  em uma piscina pública de Pasadena que fizeram o teste para capa. Na verdade, não era um teste; Várias fotos foram tirads na expectativa que uma ficasse boa. Ou inesquecível...

'Mostrei a imagem do bebê a Kurt', disse o designer Robert Fisher, "ele gostou, mas senti que precisava de algo mais. Nós jogamos todos os tipos de idéias em torno dele e ele, brincando, sugeriu um anzol. Passamos o dia pensando em todas as coisas você poderia colocar em um anzol. Embora Kurt nunca me deu uma justificativa para o projeto, devo assumir que o bebê nu simbolizava sua própria inocência, a água um ambiente estranho, e o gancho com uma nota de dólar, sua vida criativa entrando no corporativa mundo do rock".

Elden diz ele, 'A maioria das bandas hoje em dia não podem sequer chegar perto do que o Nirvana fez naquele álbum, e eu sempre vou estar feliz por fazer parte daquilo'.


Curiosidade; Originalmente, o álbum se chamaria 'Sheep' (Ovelha), que ia mais de encontro a idéia de conformismo adolescente que permeia as letras de Cobain. Porém, a banda escolheu por 'Nevermind', que gramaticalmente em Inglês, nem é uma palavra correta; 'Deixa pra lá' é originalmente grafada separadamente (Never Mind), mas depois do disco, ningué mais se importa.

Mais informações;



This entry was posted on 13 de jan de 2015 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply