Discoteca Básica; 'Anthology 1964 - 1973', The Temptations (1973)




Discoteca Básica; 'Anthology 1964 - 1973', The Temptations (1973)

Mais de um leitor já escreveu reclamando do "excesso" de coletâneas nesta seção da revista. Ora, assim como existem LPs "básicos", há uma quantidade infinitamente superior de singles abençoados. O velho e bom compacto simples é o veículo pop por excelência. E os Grandes Artesãos do gênero têm de ser caçados em antologias.
 
Os Temptations são um caso extremo e seus "melhores momentos" só caberiam mesmo num disco triplo como este. Não surpreende que, em pesquisa feita este ano pela revista Entertainment Weekly, o grupo tenha sido eleito o quinto "melhor de todos os tempos" - atrás apenas de Beatles, Stones, Beach Boys e Led Zeppelin. Obviamente, são eles os "Beatles" da população negra dos EUA.
 
Não é só a quantidade de hits clássicos que torna um disco pequeno para estes monstros do soul. Existem pelo menos dois diferentes "sons" sob a marca registrada Temptations. Um é doce, enxuto, aerodinâmico e mortalmente romântico - forjado entre 63 e 66, quando 99% do material era composto e produzido pelo laureado poeta (e vice-presidente da Motown) William "Smokey" Robinson. "My Girl" diz tudo.
 
O outro é áspero e explora as possibilidades de um estúdio com megalomania maior que a de Phil Spector - é a fase 67-72, sob o comando de Norman Whitfield. Culmina com a inesquecível introdução em cinemascope de "Papa Was a Rolling Stone". Os puristas preferem, claro, a era Smokey, mas (1) os puristas são sempre um saco; (2) em Whitfield, sob influência de Curtis Mayfield e Sly Stone, estão os embriões de toda a transição soul/disco do início dos 70: Isaac Hayes, Barry White, Gamble & Huff.
 
Essa simples divisão funcionaria perfeitamente, não fosse bagunçada pelas mudanças na formação do quinteto. Inicialmente batizados de Primes, se anunciavam como o único grupo vocal com cinco solistas: os fundadores Eddie Kendricks (tenor) e Paul Williams (barítono), mais Otis Williams (barítono/segundo tenor), Melvin Franklin (baixo) e Eldridge Bryant (barítono). Com essa formação, gravaram quatro compactos - os dois últimos já pela Motown.
 
Os passo decisivos vieram com a entrada da David Ruffin no lugar de Bryant e a entrega do grupo aos cuidados de Smokey Robinson. Lançado em janeiro de 64, "The Way You Do The Things You Do" - o terceiro compacto com Ruffin - chegou ao 11° posto do Hot 100 dando os arremates finais na fórmula mágica. Piano e palmas reforçando o bumbo, leveza e alegria na melodia e letra típicas de Smokey, a cama macia dos vocais para o célebre falsete de Eddie Kendricks planar até o Olimpo.
 
Como em toda a era de ouro da Motown, nunca é demais enfatizar a genialidade de sua banda cativa, os Funk Brothers. Earl Van Dyke (piano), Marv Taplin e Robert White (guitarras), Benny Benjamin (bateria) e James Jamerson (reconhecido hoje como o inventor da "linha de baixo") tinham uma sólida formação jazzística que jamais transparecia: só importavam os ganchos rítmicos e melódicos, em canções que pareciam compostas exclusivamente de refrãos. Isto, claro, até Norman Whitfield subverter completamente o "som Motown", já com a segunda geração dos Funk Bros, marcada pela guitarra de Melvin Ragin, mais conhecido como Wah-Wah Watson.
 
Outro ingrediente essencial era a voz rouca de David Ruffin, um dos grandes cantores soul. Logo após seu maior momento com o grupo "Just My Imagination" (71), saiu e se deu bem, principalmente com o megahit "Keep On TruckinÕ". Mas a linha de montagem da Motown era mais sólida. Damon Harris cantava igualzinho a Kendricks, assim como Dennis Edwards substituíra Ruffin à altura, em 68. Os Temptations só perderam a graça quando Whitfield perdeu o interesse pelo grupo. 

José Augusto Lemos (Revista Bizz, edição 76,Novembro de 1991) 



Tracklist (1995 CD remastered Edition)


  1. "The Way You Do The Things You Do"
  2. "I'll Be In Trouble"
  3. "The Girl's Alright With Me"
  4. "Girl (Why You Wanna Make Me Blue)"
  5. "My Girl"
  6. "It's Growing"
  7. "What Love Has Joined Together"
  8. "Who's Lovin' You"
  9. "Since I Lost My Baby"
  10. "You've Got to Earn It"
  11. "Nobody But You"
  12. "My Baby"
  13. "Don't Look Back"
  14. "Ol' Man River" [live]
  15. "Get Ready"
  16. "Ain't Too Proud To Beg"
  17. "You'll Lose A Precious Love"
  18. "Beauty Is Only Skin Deep"
  19. "(I Know) I'm Losing You"
  20. "All I Need"
  21. "You're My Everything"
  22. "(Loneliness Made Me Realize) It's You That I Need"
  23. "I Wish It Would Rain"
  24. "I Could Never Love Another (After Loving You)"
  25. "Please Return Your Love To Me"
  26. "Lullaby Of Love"
  27. "The Impossible Dream"


  1. "Cloud Nine"
  2. "I'm Gonna Make You Love Me"
  3. "Runaway Child, Running Wild"
  4. "Don't Let The Joneses Get You Down"
  5. "I Can't Get Next To You"
  6. "Psychedelic Shack"
  7. "Ball Of Confusion (That's What The World Is Today)"
  8. "Just My Imagination (Running Away With Me)"
  9. "Superstar (Remember How You Got Where You Are)"
  10. "Papa Was A Rollin' Stone"
  11. "Masterpiece"
  12. "Hey Girl (I Like Your Style)"
  13. "Let Your Hair Down"
  14. "Shakey Ground"
  15. "A Song for You"
  16. "Power"
  17. "Standing On The Top"
  18. "Treat Her Like a Lady"
  19. "Lady Soul"

Link do playlist no spotify (ouça e tenha um dia melhor)



Mais Informações;

Popular Posts

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)

As Favoritas de... Black Francis (Pixies)