Discoteca Básica; 'Birds of Fire', Mahavishnu Orchestra (1973)



Discoteca Básica; 'Birds of Fire', Mahavishnu Orchestra (1973)

 27 anos, o guitarrista inglês John McLaughlin chegou a Nova Y ork convidado para uma revolução. Miles Davis, que tinha acabado de ouvir seu primeiro disco solo (Extrapolation, de 69), queria McLaughlin na superbanda que iria eletrificar o jazz. O resultado imediato: os álbuns In A Si/em Way. ainda em 69 e Bitches Brew. no ano seguinte.

Combinando influências que iam do gosto pela música erudita até o blues tradicional e a prática como um músico de rhythm'n'blues (com a Graham Bond Organisation; com Brian Auger) e o free jazz, McLaughlin foi um dos esteios de Miles na formulação do jazz fusion. 
Em Bitches Brew, uma faixa intitulada "John McLaughlin" não deixava dúvidas do apreço de Miles pelo guitarrista, com quem ele tocou e gravou esporadicamente até 85.

Mas McLaughlin foi ainda mais fundo na fusão com o rock ao lado do baterista T ony Williams, outra cria de Miles, na banda Lifetime. Ao mesmo tempo, ia gravando seus próprios discos - Devotion, o acústico My Goaf's Beyond -, sempre unindo intensidade bluesy, timbres inusitados, fraseados rapidíssimos e um lirismo inspirado pelas filosofias orientais - McLaughlin já era praticante de ioga desde meados dos anos 60. Um encontro com Jimi Hendrix (que foi registrado no pirata Electric Birthday Jimi, de 69) também deixou clara a admiração mútua e o impulso transformador dos dois guitarristas.

E a síntese de tudo isso seria feita com a Mahavishnu Orchestra, fundada por McLaughlin em um verdadeiro agrupamento multinacional, recrutado basicamente entre os sidemen de Miles: o tecladista tcheco Jan Hammer (um dos pioneiros no uso do sintetizador), o baixista irlandês Rick Laird, o violinista americano Jerry Goodman (ex-The Flock) e o exímio baterista Billy Cobham, nascido no Panamá.

O primeiro álbum - Inner Mountain Flame (72), creditado a John McLaughlin e Mahavishnu Orchestra e produzido pelo guitarrista), ainda agregava partículas de country e soul à receita e esboçou o disco definitivo deles: Birds Of Fire.

Esse, creditado e produzido coletivamente, pode ser considerado parte do tripé definitivo do jazz fusión - ao lado de Heavy Weather (77), do Weather Report, e No Mistery (75), do Return To Forever - todas elas formações originárias da banda de Miles.

Ao longo das décadas seguintes, o jazz fusion despencaria em um processo de diluição, de mesmice e de conservadorismo - como as próprias formações seguintes da Mahavishnu Orchestra vieram comprovar, não mostrando mais o mesmo vigor.

Mas composições com a estirpe da épica "Birds Df Fire", da evocativa "Thou'sand Island Park" ou da inventiva "Miles Beyond" ainda permanecem como um real testemunho de um tempo de liberdade.   

Alex  (Revista Bizz, Edição 109, Agosto de 1994)

Tracklist

Birds of Fire - 00:00

Miles Beyond - 5:58
Celestial Terrestrial Commuters - 10:36
Saphire Bullets of Pure Love - 13:30
Thousand Island Park - 13:54
Hope - 17:19
One Word - 19:18
Sanctuary - 29:16
Open Country Joy - 34:18 
Resolution - 38:14


Mais informações;

Postagens mais visitadas deste blog

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST MP3 Download)

As Favoritas de... Eddie Vedder (Pearl Jam)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)