Música Para Sentir; 'Pennyroyal Tea', Nirvana (1993)


Música Para Sentir; 'Pennyroyal Tea', Nirvana (1993)

Me sinto leve.
Me sinto elogiado.
Lindo produto da minha consciência.
O futuro lhe parece maravilhoso? Como eu poderia saber?
Eu sei que tenho a quem recorrer. Eu sei que não posso mais pedir ajuda a ninguém.
É claro, sou estranho e temperamental. Eu já disse que também sou mentiroso.
Você já viu a solidão de longe? Fria e livre. Meu tempo é infinitamente diferente daquilo que eu preciso. Meus sonhos são momentos de felicidade. É disso que eu preciso.
Felicidade sem culpa. A culpa me desafia e me impregna. O cheiro dela está por toda parte. Está aqui. Do meu lado. Pra sempre esperando. Se eu quiser.
Estrelas caindo, o céu explodindo. O beijo amargo, a última esperança.Carregada de beleza e de culpa. A culpa é minha e me pertence.



This entry was posted on 10 de fev de 2016 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply