Discoteca Básica; 'Fragile', Yes (1971)


Discoteca Básica; 'Fragile', Yes (1971)


Em meados de 71 o rock progressivo estava na moda na imprensa britânica: eram os "alternativos" da ocasião. E o Yes chamava a atenção da mídia por ter trocado o tecladista Tony Kaye por Rick Wakeman, ex-músico do estúdio, de curta passagem pelo grupo Strawbs.

Fragile, que saiu em 4 de fevereiro de 72, traz quatro faixas em arranjos coletivos do grupo e cinco solos. Wakeman se apresenta com um arranjo de um movimento da Quarta Sinfonia de Brahms, um exercício de substituição de timbres na era do sintetizador analógico (à moda de Walter Carlos). Jon Anderson se esmera em suas letras que só valem pela sonoridade em "We Have Heaven". Howe e Chris Squire exibem seus dotes ao violão e baixo, respectivamente, o baterista Bill Brufford indica que já andava com a cabeça em outros campos em sua faixa, "Five Per Cent For Nothing". 

"Fragile" representa o ponto mais delicado do equilíbrio entre as figurinhas difíceis que formaram o Yes. Foi instituído um esquema de discussão de cada detalhe dos arranjos. A postura "hippie-chique" de Anderson, Squire e Howe era a que casava melhor com a proposta. Com anos de academia e estúdio, Wakeman se adaptou ao sistema, apesar de estar mais interessado no estrelato pop. Para o jazzista Bruford, tocar sem improvisos era uma camisa-de-força artística.

O álbum também indica o ponto em que se encontram o Yes pop e experimentador dos primeiros discos com a banda profissional mas auto-referente dos anos seguintes.

A faixa "Roundabout" é um exemplo disso. Ela mantém-se acessível aos ouvintes de outras correntes do rock porque é fiel à estrutura do pop inglês do final dos anos 60, adicionando ornamentos característicos de background musical dos integrantes do grupo. 

"Roundabout" tem uma levada pop que alterna às intervenções de inspiração erudita de Howe, tudo ligado pela refinada base harmônica de Wakeman, também muito preciso na escolha de sons de seu arsenal de teclados. Lá pela metade a música desvia para um "heavy caribenho", chance para Bruford mostrar suas habilidades. "South Side Of The Sky" repete a mesma idéia, só que experimentando um som mais pesado, enquanto "Heart Of The Sunrise" carrega nas passagens dramáticas. Só "Long Distance Runaround" mostra uma construção diferente, com dois temas que se alternam até Chris Squire abrir seu solo, " The Fish". 

O Yes mostrou em Fragile o que os jovens ingleses de classe média, treinados em conservatórios, poderiam fazer no rock sem fugir muito do entretenimento. Daí por diante eles começaram a se levar muito a sério. Se o rock progressivo tinha algo de bom, era a liberdade de ousar misturar qualquer tipo de informação musical. Fragile foi a chance do Yes de encontrar seu ponto certo nessa mistura antes de envelhecer. 

Marcos Smirkoff (Revista Bizz, Edição 128, Março de 1996) 

Tracklist;

01. "Roundabout"

02. "Cans And Brahms"
03. "We Have Heaven"
04. "South Side Of The Sky"
05. "Five Per Cent For Nothing"
06. "Long Distance Runaround"
07. "The Fish (Schindleria praematurus)"
08. "Mood For A Day"
09. "Heart Of The Sunrise



Mais informações;

Wikipedia EN

Postagens mais visitadas deste blog

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST MP3 Download)

As Favoritas de... Eddie Vedder (Pearl Jam)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)