Discoteca Básica; 'Rocket To Russia', The Ramones (1977)



Discoteca Básica; 'Rocket To Russia', The Ramones (1977)


É duro ser um garoto de doze anos afundado até o queixo no lodoso tédio urbano. Todo mundo dá palpite na sua vida. O status em casa e na rua, a voz e até o corpo ainda são de criança - mas os instintos são de homem, e as garotas, todas ficando peitudas, não estão nem aí com você. Escrotas. Piranhas.


A única saída é dar uma de muito mais durão do que você realmente é. Começar a beber, fumar, bater punheta direto. E estar pronto para sacrificar qualquer ciosa por alguns momentos de diversão adrenal.

Mas dá mesmo para sacrificar? É difícil. Nem todo mundo é durão de verdade. Dá até para afetar a cara de mau, mas no fundo você gosta é de ver sessão da tarde... jogar fliperama, tomar milkshake, ouvir rock altão no seu quarto só para zoar a mãe, pegar uma praia, passear ao crepúsculo de mãos dadas com sua baby (quem dera)...

Dá para jogar tudo para o alto só por um pouco de alegria? Vale a pena matar aula o tempo inteiro, não estar nem aí com a escola? Sem, se isso garantir a admiração das minas e o respeito dos colegas. Mas e se depois você acaba tomando pau por causa disso? Cheirar cola é gostoso... mas faz mal! Mas... qual é o problema de fazer mal? No fundo você vai acabar morrendo mesmo!

Viver é uma confusão desgraçada - e nunca isso fica claro na vida de um homem do que quando começam a aparecer os primeiros pêlos na cara.
O absurdo é que quatro nova-iorquinos broncos tenham capturado com tanta precisão este estado de espírito púbere que-se-foda. Sem intelectualismo nem autoparódia e em plena hegemonia Yes-Zep, os Ramones inventaram o som da adolescência. Puro, sem misturas, sem gelo.

As bases já existiam, claro. O rock de garagem dos anos 60, a surf music, o bubblegum, Stooges, os Stones do começo, New York Dolls. O próprio Joey Ramone começou a cantar numa banda glam (o Sniper).

Mas os Ramones levaram a coisa um passo adiante, indo direto ao esqueleto do negócio: músicas de dois minutos, refrões simples e riffs primários, letras que viam a dor e a delícia de ser teenager através do rayban da cultura popular mais acessível e rastaquera.
Tudo tão rápido, pesado e pegajoso quanto possível. Urgente como um comercial de TV. Punk rock, mesmo - se você pensar que punk originalmente significa vagabundo de rua, tranqueira, cara inútil para a sociedade.

Rocket To Russia pegou o que já era perfeito - os dois primeiros discos do grupo, Ramones e Leave Home, ambos de 76 - e elevou à categoria de transcendental. Tem duas covers, "Do You Wanna Dance?" e "Surfin' Bird", que dispensam comentários. E outras doze faixas originais essenciais, escritas com senso de humor, produzidas com capricho minimalista e executadas com a fúria e o tesão de quem está se divertindo pra cacete - contra tudo e todos. Entre "Rockaway Beach" e Teenage Lobotomy" está tudo o que você precisa saber sobre rock.

Também tem "Sheena Is A Punk Rocker", "Cretin Hop", "I Wanna Be Well" - mas escute, não é isso o que importa. Não importa que Johnny Rotten e Joe Strummer e esse bando todo de ingleses tenham se inspirado e imitado os Ramones, nem que grande parte da new wave, do punk e todo o hardcore deva as calças ao quarteto. Não importa a famosa cena do CBGB, nem o Blondie, nem os Talking Heads. Se discos futuros seriam irregulares, se eles bebiam ou se drogavam, se eles se repetiram, se Dee Dee compunha melhor que Johnny, se Marky isso e aquilo - naaaada disso importa.

O que importa é Joey Ramone cantando "I don't care about this world/I don't care about that girl... I don't care". Eu não tô nem aí, não tô nem aqui e quero que tudo mais vá pro inferno. I just wanna have some fun.

Ramones, a melhor banda de rock'n'roll da história - provavelmente.

André Forastieri (Revista Bizz, Edição 77,Dezembro de 1991)


Tracklist;

1. "Cretin Hop"
2. "Rockaway Beach"
3. "Here Today, Gone Tomorrow"
4. "Locket Love"
5. "I Don't Care"
6. "Sheena Is a Punk Rocker"
7. "We're A Happy Family"
8. "Teenage Lobotomy"
9. "Do You Wanna Dance?"
10. "I Wanna Be Well"
11. "I Can't Give You Anything"
12. "Ramona"
13. "Surfin' Bird"
14. "Why Is It Always This Way"



Mais informações; 


This entry was posted on 31 de out de 2016 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply