Música + Cinema; 'A Um Passo do Estrelato' ('20 Feet From Stardom', 2013)


Música + Cinema; 'A Um Passo do Estrelato' ('20 Feet From Stardom', 2013) 
Um pensamento empresarial muito comum é o que diz respeito a importância de todos os trabalhadores de uma organização.  Muitos costumam dizer que o diretor é extremamente importante para a tomada de decisões, que garantem o andamento do negócio, mas que a diarista, que arruma a sala e serve o cafezinho, também é fundamental para garantir a presença dos chamados fatores higiênicos organizacionais, que são aqueles que se presentes não renderão elogios, mas quando ausentes são capazes de prover discussões e desentendimentos. O que toda essa explicação técnica e teórica advinda da minha profissão de administrador tem haver com A Um Passo do Estrelato? A resposta é bem simples, pois o documentário, vencedor do Oscar 2014, resolve esquecer um pouco os cantores famosos de bandas de sucesso e apresentar a realidade de vida dos vocais de apoio, que são fundamentais para o enriquecimento do espetáculo e fama da banda, mas que não possuem o rosto reconhecido pelo público, que muitas vezes nem percebe sua existência.
Para provar a importância desses músicos, A Um Passo do Estrelato recorre a depoimentos muito sinceros de artistas do quilate de Bruce Springsteen, Sting, Mick Jagger e Stevie Wonder, que elogiam bastante o trabalho daqueles que foram fundamentais em suas carreiras. Durante essa viagem se tornam conhecidas muitas cantoras, em sua grande maioria negras, cujo o talento foram descobertos nas canções da igreja que frequentavam. É nesse momento que é possível conhecer um pouco mais da carreira de Lisa Fischer, que trabalhou em todos os shows do Rolling Stones desde 1989. Darlene Love, que foi escolhida a integrar o Hall da Fama do Rock'n'Roll em 2010 também ganha seus momentos e Judith Hill, que chamou atenção do mundo ao cantar no velório de seu grande parceiro e companheiro de estrada Michael Jackson.



Apesar de começar um pouco confuso e repleto de depoimentos sem um foco central, aos poucos o longa toma o embasamento necessário e segue a linha de que a profissão de ambas fica A Um Passo do Estrelato, mas que ele muitas vezes é impossível de ser alcançado. Algumas dessas cantoras ao longo da carreira perceberam que jamais fariam sucesso e outras que tentaram, em sua grande maioria, não conseguiram alcançar o tão sonhado reconhecimento. Seja por falta de oportunidade ou por falta de vocação em ser um símbolo para o público. O caso mais curioso é mesmo o de Lisa Ficher, que chegou a fazer sucesso com sua carreira solo, inclusive ganhando um Grammy, mas que não conseguiu alavancar um segundo cd e voltou a fazer o apoio vocal. Isso só retrata a dificuldade para o bendito “passo” seja dado.
Um pouco perdido no começo, o trabalho de montagem da obra começa a se destacar a cada diferente depoimento para se encaixar em prol de senso comum de percepção, que passeia das injustiças da profissão aos erros daqueles que participam de programas de televisão e se acham prontos para o desafio e muitos mais detalhes que merecem ser entendidos pelo público. Ponto forte e que ajuda ainda mais a acompanhar essa projeção é a trilha sonora que é regata de canções famosas e espetaculares, que marcaram época, se eternizaram e devem muito, muito mesmo, a esses que não são enxergados.
Trailer;




Curiosidade; Desde que foi lançado nos Estados Unidos, o sucesso foi levando o filme a ser exibido em um número cada vez maior de cinemas. O documentário começou com apenas 3 salas de cinema, e expandiu para 89 salas três semanas mais tarde, chegando ao 15º lugar do ranking nacional. Com boa média de público por sala e mais de US$1 milhão arrecadados, o filme se aproximou dos cem documentários de maior bilheteria de todos os tempos .


A Trilha (+ Bonus Tracks)

Tracklist;

01. 'Walk On The Wild Side', Lou Reed
02. 'Slippery People', Talking Heads
03. 'Nobody's Fault But Mine', Merry Clayton
04. 'He's a Rebel', The Crystals
05. 'Space Captain', Joe Cocker
06. 'Gimme Shelter', Merry Clayton
07. 'Sure on This Shining Light', Lisa Fischer
08. 'Let's Make a Better World', Tata Vega & Judith Hill
09. 'Young Americans', David Bowie
10. 'Southern Man', Merry Clayton
11. 'Desperation', Judith Hill
12. 'A Fine, Fine Boy', Darlene Love
13. 'Lean On Me', Darlene Love, Lisa Fischer, Jo Lawry & Judith Hill

Para completar, mais algumas canções que são mostradas no filme e por razões de direitos autorais, não estão na trilha;

14. 'Everything I Do Is Gonna Be Funky', Claudia Lennear
15. 'How Can I Ease The Pain?', Lisa Fischer
16. 'Da Doo Ron Ron', The Crystals
17. 'What I'd Say', Ray Charles
18. 'Wah-Wah', George Harrison
19. 'Bold Soul Sister', Ike & Tina Turner
20. 'Sweet Home Alabama', Lynyrd Skynyrd
21. 'I've Got Dreams To Remember', Otis Redding
22. 'How Sweet It Is (To Be Loved By You)', Marvin Gaye

Mais informações;

Popular Posts

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)

As Favoritas de... Black Francis (Pixies)