Favoritos da Casa... St. Vincent (Tulsa, Oklahoma, USA)



As Favoritas da Casa... St. Vincent (Tulsa, Oklahoma, USA)

Annie Clarke, ou St. Vincent, seu alter-ego, é uma figura única no cenário do Pop Alternativo. Se em um primeiro olhar, esperamos mais uma cantora doce, de voz suave e carisma melancólico, quando nos aprofundamos e entramos na viagem, ganhamos uma musa estranha, experimental, barulhenta e vingativa.

Já havíamos experimentado essa sensação antes, com PJ Harvey. E apesar de estarmos falando de duas artistas totalmente diferentes em sonoridade e influências iniciais, temos ao final, duas cantoras que fazem do inusitado seu cartão postal. Espere sempre o inesperado quando se trata das duas.

Seguindo em frente, Annie largou a faculdade de artes e iniciou sua carreira como vocalista de apoio da banda Polyphonic Spree e depois, se junto a banda do músico estadunidense Sufjan Stevens. Só por ai, já conseguimos ter a medida do universo em que ela gostava de se envolver.

Seu primeiro trabalho solo, 'Marry Me', de 2007 já mostrava o quão profundo era o seu universo bizarro e barulhento. Guitarras dissonantes e uma voz melancolicamente sobreposta já, de cara, mostravam o quão longe ela conseguiria chegar.

O segundo álbum, 'Actor', de 2009, trouxe seu primeiro 'pseudo-hit'; 'Marrow' era suja e estranha. Recebeu só reviews positivos. 

Depois da turnê, veio seu grande álbum até agora; 'Strange Mercy', de 2011, é uma jóia; Canções como 'Northern Lights', 'Cruel', 'Cheerleader', 'Dilettante', 'Year Of The Tiger'... O álbum inteiro é sensacional e figurou em praticamente todas as listas respeitáveis de melhores daquele ano.

Seguiram-se turnês com Portugal The Man, The National... Até que ela se envolveu com o ex-Talking Head, e influência assumida, David Byrne, para o projeto 'Love This Giant', um álbum colaborativo lançado em 2012 que conseguiu captar ambos os universos com perfeição.

'St.Vincent', álbum auto-intitulado foi seu último álbum de estúdio. A razão do nome? 'Queria fazer um álbum que mostrasse quem eu sou, pura e simplesmente. E pela primeira vez me sinto assim'.

Faixas como 'Prince Johnny', 'Birth In Reverse' e o single 'Digital Witness', mostram o quanto o projeto com Byrne a influenciou. 

Vamos a um playlist com algumas das melhores faixas;


Comentários

Postar um comentário

Popular Posts

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)

Downloads; 'Live at the Apollo', Arctic Monkeys (2013) (Torrent)