Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

Favoritas da Casa: Músicas e Discos de 2018

Imagem
Favoritas da Casa: Músicas e Discos de 2018

Buenas!

Depois de um longo inverno, um post novo!

Calma, é só para manter a tradição. Listas de final de ano ainda são um vício e eu ainda vou continuar fazendo.

Depois de exatamente um ano da última lista (e post), vou amalgamar os discos e músicas de 2018.

Obrigado a todos que (ainda) acessam (e muito!) o blog e a página no FB.

Um ótimo 2019 a todos!



01. 'Need a Little Time', Courtney Barnett 02. 'Habibi', Tamino 03. 'Four Out of Five', Arctic Monkeys 04. 'Fast Slow Disco', St. Vincent 05. 'Silvery Sometimes (Ghosts)', The Smashing Pumpkins 06. 'Free Yourself', The Chemical Brothers 07. 'Mr. Tillmann', Father John Misty 08. 'Major League Chemicals', The Unknown Mortal Orchestra 09. 'For You Too', Yo La Tengo 10. 'This Is America', Childish Gambino 11. 'Come Back Kid', Sharon Van Etten 12. 'Nobody', Mitski 13. 'All The Starz', Kendrick Lamar 14. 'Pristin…

Por que eu gosto de... Radiohead?

Imagem
Por que eu gosto de... Radiohead?
Sim, este é mais um texto sobre o Radiohead. Sim, eu sou mais um dos milhões de admiradores de Thom Yorke e companhia. E sim, eles são a melhor banda do mundo. Ponto.
O Radiohead é a melhor banda do mundo por infindáveis motivos. Maior, não. Não interessa para eles. É cafona demais querer ser o maior em algo. Querer ser o U2. Eles querem ser os mais inovadores, mais estranhos e, definitivamente, os melhores. Dentro do seu mundo, em órbita do resto de nós.
Acompanhar a carreira do Radiohead é tão espetacular quanto acompanhar a carreira dos Beatles, ou ainda a de David Bowie, Roxy Music e outros artistas que se negaram a aceitar o que se espera deles. Thom Yorke fica inquieto quanto olha no espelho e não gosta do que vê.
A banda começou em 1985, com o infame nome On a Friday (por causa do dia dos ensaios...), emulando Smiths, Talking Heads, Magazine e Joy Division. Era pequena demais para o tamanho do universo musical britânico. Estava fadada ao esquecimen…